Pró-cassação de Moro, PT e PL apostam que julgamento no TSE terá pedido de vista

Representantes da parte acusadora apostam em v√°rias sessões para an√°lise do caso

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O PT e o PL apostam que o julgamento da cassação do senador Sergio Moro (União-PR) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ter√° pedido de vista do processo por parte de algum ministro.

Um pedido de vista paralisaria a apreciação.

A an√°lise do caso est√° na pauta da Corte Eleitoral desta quinta-feira (16), e deve começar a ser avaliada pelos sete ministros do TSE.

Os partidos foram ao TSE para recorrer da decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PR), que absolveu Moro. Para PT e PL, Moro causou desequilíbrio eleitoral no pleito de 2022.

Para o presidente do PT do Paran√°, Arilson Chiorato, além do pedido de vista, a an√°lise pode se estender para além passar da sessão adicional solicitada pelo ministro Alexandre de Moraes. O atual presidente do TSE também reservou a próxima terça-feira (21) para o julgamento do caso.

"Eu acho que vai ter pedido de vista e acho que ela vai demorar mais um pouco. Não acredito que seja só nas duas sessões, assim como não foi só nas duas que foram marcadas aqui no TRE. Então, a gente acha que vai no mesmo ritmo", disse Chiorato à CNN.

Caso exista um pedido de vista — mais tempo para analisar o caso, o ministro ter√° até 30 dias — que podem ser prorrog√°veis por igual período — para devolver o processo.

Segundo Bruno Cristaldi, advogado do PL, como o caso tem uma importância destacada e precisa encontrar parâmetros para seu julgamento não apenas na lei, mas na jurisprud√™ncia em geral, os votos tendem a ter justificativas longas, com mais de 100 p√°ginas, como aconteceu no TRE.

Então, seja por pedido de vista ou por insufici√™ncia de tempo, acho bem prov√°vel que esse julgamento continue na terça. E, aí, na terça, pode acontecer pedido de vista ou pode não dar tempo

Bruno Cristaldi

Durante a an√°lise no Tribunal Regional Eleitoral do Paran√° (TRE-PR) que absolveu Moro, foram realizados tr√™s pedidos de vista, fazendo o caso ser julgado em tr√™s sessões.

A CNN solicitou entrevista com a defesa de Moro, mas não teve retorno.