Izolda, que irá deixar o cargo no MEC, é o fato novo relevante na corrida à Prefeitura de Sobral

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

A corrida pela Prefeitura de Sobral pode ganhar novos contornos com um fato novo que começa a surgir no cen√°rio pol√≠tico estadual: os dirigentes do PSB fizeram um apelo e a ex-governadora e atual Secret√°ria-executiva do Ministério da Educação, Izolda Cela, aceitou a ponderação para se desincompatibilizar do cargo.

A ren√ļncia ao cargo não representa, necessariamente, que a ex-governadora ser√° candidata, mas tem uma simbologia que ganha maior relevância: Izolda ficar√° sem impedimento para, se chamada, concorrer pelo PSB, à sucessão do prefeito Ivo Gomes. É o nome que mais força pol√≠tica e eleitoral atrai no contexto da corrida pela Prefeitura de Sobral.

TRAJETÓRIA RESPEITADA

Nome respeitado por todos os setores pol√≠ticos do Cear√°, e com projeção nacional na √°rea do ensino p√ļblico pelos projetos que comandou à frente das Secret√°rias de Educação de Sobral e do Estado, Izolda sempre fala no cumprimento de missão na vida p√ļblica e, sobre as eleições municipais deste ano, mantém o discurso de cautela.

Ao ser questionada sobre uma poss√≠vel candidatura nas eleições de 2024, a ex-governadora afirma que "Não tem uma intenção ou um plano definido de candidatura, mas o partido solicita a desincompatibilização para abrir uma possibilidade, abrir o leque de opção, porque, do contr√°rio, j√° est√° ali na barreira".

Izolda destaca, ainda, que tem lidado com essas situações como uma convocação para determinadas tarefas e missões. Ela repete: "É como eu digo: eu não tenho aquela deliberada intenção de ser candidata, isso realmente eu não tenho, eu não lido com isso. Eu estou muito concentrada no trabalho intenso aqui no Ministério", afirma Izolda Cela, que tem apoio do Ministro da Educação, Camilo Santana, para um poss√≠vel projeto de concorrer à Prefeitura de Sobral.