Irmãos foram assassinados por engano ao passar por bairro dominado por facção, diz pai

Davi de Oliveira Carneiro, de 15 anos, e o irmão Daniel Farias Carneiro Filho, de 22, foram mortos a tiros em Caucaia, quando iam visitar a avó.

Foto: Arquivo pessoal

Foto: Arquivo pessoal

Os dois irmãos assassinados a tiros em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), foram mortos porque passaram por um bairro dominado por uma facção rival do local onde moravam, disse o pai dos meninos ao g1. Um suspeito do crime foi preso.

As duas mortes aconteceram no dia 8 de julho, no Bairro Marechal Rondon, em Caucaia. Daniel Farias Carneiro Filho, de 22 anos, e o irmão Davi de Oliveira Carneiro, de 15 anos, estavam a caminho da casa da avó, onde iriam almoçar, quando tudo aconteceu.

"O que foi identificado é que meus filhos entraram em uma rua que não era para ter passado nesse momento. Eles moravam em outro bairro. Meus meninos não tinham envolvimento com droga, com absolutamente nada, nem inimigo", revelou o pai em entrevista.

Ainda de acordo com o pai, o filho mais velho trabalhava, fazia um curso e j√° morava sozinho. O mais novo morava com ele. O que aconteceu foi "pura maldade", conforme o familiar.

"Eles passaram uns 20 a 30 minutos sendo interrogados por essa facção. Depois disso, mandaram os meninos embora e quando meus filhos viraram as costas foram assassinados", relatou o pai.

O suspeito preso passou por audi√™ncia de custódia nessa quarta (20). Nessa audi√™ncia, é decidido se o acusado se é solto, mantido preso ou tem alteração na condição da prisão. No entanto, o pai das vítimas não soube informar qual a decisão após a audi√™ncia.

"Ninguém esperava que fosse acontecer um crime desse com os meninos. Foi por pura maldade, por nada. Essa juventude de hoje acha que ganha poder assassinando pessoas. Só que eles assassinaram duas crianças, duas pessoas que tinham futuro. Até hoje não acredito que aconteceu isso com a nossa família", lamentou o pai.

Registro em vídeo antes da morte

Os dois irmãos gravaram um vídeo quando estavam no caminho para a casa da avó, onde iriam almoçar. A imagem foi vista pela avó momentos antes de os dois morrerem.

Nas imagens, Daniel Farias Carneiro Filho, de 22 anos, e o irmão Davi de Oliveira Carneiro, de 15 anos, aparecem em um trem, e o mais novo manda um recado para a avó, que aguardava eles.

"Nós estamos chegando, 'velha'", disse Davi, em tom de brincadeira para a avó.

Como os jovens demoraram a aparecer, a idosa pediu que um parente fosse até a estação onde eles iriam descer. No trajeto, o familiar descobriu que os irmãos foram mortos na região que a avó deles morava.

"Ouviram uns tiros, mas jamais iriam imaginar que fosse com eles. Quando a pessoa não encontrou eles na estação viu uns carros de polícia passando, acompanhou e quando chegou no local j√° viu os dois mortos", relatou o parente que ter√° a identidade preservada.

Um dia antes de serem mortos, irmãos foram a evento geek em Fortaleza. — Foto: Arquivo pessoal
Um dia antes de serem mortos, irmãos foram a evento geek em Fortaleza. — Foto: Arquivo pessoal